domingo, setembro 30, 2012

Devocional do Dia 30/09/12

Seja diferente da maioria

A maioria dos jovens não pensa nos pais. No mundo prevalece o egoísmo. Por isso, são muitos os jovens que enveredam por caminhos perigosos. Alguns vivem no limiar, entre a vida e a morte. Não queira viver assim. Escolha o caminho da vida, honrando seus pais e fazendo parte do seleto grupo dos fiéis (Sl 12.1).

Busque o sucesso completo, e não o parcial. Há jovens que são felizes em uma área, em detrimento de outra. Por exemplo, priorizam as amizades, aparentemente se realizam com elas, mas, em contra­partida, não estão bem no relacionamento com os pais e, conse­qüentemente, a sua comunhão com Deus não está nada boa.

Saiba priorizar. Por que Deus abençoou o jovem Salomão? Por­que ele soube fazer a escolha certa: colocar a vontade do Senhor em primeiro lugar (1 Rs 3.3-15). Nunca se esqueça de que você tem duas prioridades inegociáveis. Se for preciso perder uma amizade ou mesmo um grande amor por causa delas, perca! Sabe do que estou falando?

As duas grandes prioridades são: Deus e a família. Primeiro, Deus, claro. Sua comunhão com o Senhor é inegociável. Não faça como Esaú, que foi profano, isto é, desprezou a bênção de Deus, sofren­do terríveis conseqüências (Hb 12.16,17).

E, segundo, não abra mão de viver bem com seus pais. Espere em Deus, receba o conselho deles, e o seu futuro será de sucesso. Não se precipite, pois, como disse o sábio Salomão: "O que presto se ira fará doidices, e o homem de más imaginações será aborrecido" (Pv 14.17).
 
 
 
 
 

sábado, setembro 29, 2012

Devocional do Dia 29/09/12


Reflita mais um pouco

Sabia que o próprio Deus, o nosso Pai, não abre mão da disci­plina? Está escrito na Bíblia: "Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai, ao filho a quem quer bem" (Pv 3.12). Quando um pai repreende ou questiona um filho, está, de certa forma, imitando o Pai celestial.

Se os pais não vigiassem os seus filhos, muitos deles teriam suas vidas arruinadas. Concordo que há exageros, às vezes. Entretanto, mesmo quando os pais são extremistas, têm boas intenções. Eles sabem o que você quer e que isso pode ser divertido para a sua idade. Ao mesmo tempo, sabem que muitas das suas diversões in­cluem riscos.

Se quiser ser abençoado por Deus, não resta outra alternativa a não ser honrá-los! Por quê? A sua existência, a sua saúde física e o fato de estar vivo são provas de que, além da preservação de Deus, você foi bem tratado por eles. Seria justo, agora, virar-lhes as costas? Além do mais, ser contra os pais é opor-se à Palavra do Senhor. De que lado você está?
 
 
 
 

sexta-feira, setembro 28, 2012

YEAH! RG!!!


Devocional do Dia 28/09/12

A "chatice" dos pais

Conquanto, aparentemente, seus pais estejam querendo se intro­meter em sua vida, perguntando acerca disso ou daquilo, é impor­tante que entenda a razão por que fazem isso. Creio que, havendo a compreensão do motivo pelo qual agem assim, você encarará a postura deles de modo diferente.

Deus criou as fases da vida infância, adolescência, juventude, velhice , e todas são importantes. Você está vivendo a maravilho­sa fase da adolescência!

Em cada fase, pensamos e nos comportamos de uma maneira. O que é divertido ou normal para um garoto de quinze anos pode ser perigoso e anormal para uma pessoa de quarenta. A "chatice" dos pais, na maioria das vezes, é clara, pois eles vivem em outro "mundo", vêem as coisas de modo diferente. O mesmo acontece com você, que vive no "planeta teen".

Geralmente, pessoas com grande diferença de idade encontram certa relutância em compartilhar as mesmas idéias, o que, muitas vezes, torna difícil a convivência. Porém, como já viveram não muito diferente de você as mesmas dúvidas e angústias comuns a qualquer pessoa, os mais velhos têm a experiência de vida que os capacita a aconselhá-lo com sabedoria.

E, como você está em fase de formação, precisa ouví-los. Não apenas seus pais, seus avós ou tios, mas todo bom conselho vindo de uma pessoa mais velha irá orientá-lo quanto ao presente e ao futuro. É por essa razão que o filho deve honrar os pais (Ef 6.1-3). E, da mesma forma, ouvir os conselhos dos mais velhos, pois com eles "... está a sabedoria e... o entendimento" (Jó 12.12).

Não pense que o conselho de seus amigos, que pensam como você, seja mais importante que o de seus pais. Seus amigos conhe­cem pouco da vida e precisam da ajuda da família tanto quanto você. Quantos jovens não perderam as suas vidas de forma banal simplesmente porque não ouviram os pais!

Você precisa habituar-se a consultar os seus pais. Reconheça ou não, eles pre­ocupam-se com sua segurança e sabem que você ainda é desprovi­do de certas defesas. Quando lhe fazem perguntas do tipo: "Onde você vai?", "Você voltará a que horas?", "Com quem você vai?", sim­plesmente estão demonstrando cuidado. Não encare isso como per­seguição ou intromissão.

Nunca os tenha como "chatos", pois as atitudes deles, aparente­mente inconvenientes, são positivas e benéficas para a sua vida. Às vezes, eles poderão ser enérgicos e repreendê-lo, mas não se abale. Eles agem assim por amor.
 

quinta-feira, setembro 27, 2012

Devocional do Dia 27/09/12

Reflita um pouco

Já parou para pensar sobre o cuidado que eles tiveram com você durante a fase de gestação? Foram longos meses em que todo o cuidado era pouco. E lá estava você, sem saber o que acontecia do lado de fora... Enquanto isso, eles estavam preocupados com o seu berço, as suas roupinhas, o seu quarto...
Bem, você nasceu, e o cuidado continuou. Qualquer choro, em meio à madrugada, era motivo para seu pai ou sua mãe pularem da cama e irem até o seu berço.
Ah, você está estudando? Pois é... Foram seus pais que o matricu­laram na escola! Eles querem que você seja alguém na vida. Não sei se é o seu caso, mas há muitos pais que, mesmo não tendo a oportunidade de estudar, fazem questão de que os seus filhos estudem. Um pai sente-se mais realizado com o sucesso do filho do que com o seu!
Entendeu por que seus pais querem saber sempre aonde vai, quando voltará e com quem vai? Não é porque sejam "chatos"! Eles são cuidadosos porque o amam e querem o seu bem. Além disso, se permitirem que você faça tudo o que deseja, não estarão ensinando-lhe os limites individuais e relacionais, além de não lhe transmi­tirem noções do que pode ou não fazer.
Imagine você, adulto e sem saber se é errado ou certo fazer determinadas coisas. Cada vez que os pais aceitam uma contrariedade, um desrespeito, uma quebra de limites por eles impostos, fazem com que você rompa o limite natural para seu comportamen­to em família e em sociedade. E isso não é nada bom.
Cabe aos pais transmitir-lhe a diferença entre o que é aceitável ou não, essencial ou supérfluo, e assim por diante.

Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele... A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da correção a afugentará dela.
Provérbios 22:6,15
 

quarta-feira, setembro 26, 2012

Devocional do Dia 26/09/12

Conflito de gerações

Embora muitos pais não aceitem, o conflito de ge­rações existe. E por duas razões: por causa da diferen­ça de idade e em razão da diferença de educação recebida por ambos. Afinal, a educação, seja em casa, seja na escola, tem um formato diferente para cada geração.

Vivemos em um mundo em que as transformações ocorrem a cada dia, mudando os comportamentos e a maneira de ver as coi­sas.

O problema é que, em alguns lares de antigamente, os pais eram muito rigorosos, e os de hoje preferem adotar um estilo de educa­ção mais light, pois não querem que os filhos sejam tão reprimidos. Com o tempo, acabam perdendo o controle e apelam para o autorita­rismo.

Apesar de tudo você não deve recusar o auxílio de seus pais, achando que não podem ajudá-lo nem ser seus amigos. Somente por eles você pode "pôr a mão no fogo". Afinal, quando todos os seus "amigos" lhe negarem ajuda, saiba que os seus pais estarão prontos a ajudá-lo.
 
Entenda que, para ser feliz, nós não precisamos de coisas, e sim, em primeiro lugar de Deus e, depois, de pessoas. E ter nossos pais, solícitos, vigilantes, é atravessar ondas turbulentas e atracar em terra firme.

"E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus".
(Romanos 12:2)
 
Ore para que Deus lhe ajude a renovar a sua mente para entender as diferenças entre você e seus pais. Por mais que eles errem, lembrem-se, eles erram sempre tentando acertar e fazer o melhor.


terça-feira, setembro 25, 2012

Devocional de Dia 25/09/12

 
As Aparências dos Pais Enganam

 
"VÓS, FILHOS, OBEDECEI EM TUDO A VOSSOS PAIS, PORQUE ISTO É AGRADÁVEL AO SENHOR."
(Colossenses 3.20)

Muitas pessoas têm o costume de entender de for­ma errada algumas atitudes e palavras, julgando pela aparência. Daí o ditado: "As aparências enganam".

No convívio com os pais, isso também ocorre, tanto de uma como de outra parte. Talvez você acredite que seus pais pensem algo a seu respeito, quando, na ver­dade, eles têm uma concepção bem diferente. Não é porque todos os jovens da sua idade ou pelo menos a maioria deles dizem que os pais são "chatos" e "pegam no pé", que você também terá essa opinião.

Para início de conversa, proponho algumas pergun­tas para sua reflexão: Por que não confiar em quem sempre teve cuidados especiais para com você? Será que seus pais são "chatos" mesmo, ou você está interpretan­do de modo errado a postura deles? Com quem você pode, de fato, contar quando está com problemas?
 
Lembre-se que foi Deus quem colocou seus pais como autoridades na sua vida !! Respeite-os e ame-os !!!



segunda-feira, setembro 24, 2012

Devocional do Dia 24/09/12


Mude enquanto há tempo

As coisas cujo prazer é duradouro são aquelas construídas sobre um fundamento: A VERDADE.
Se você tem algo sobre outra base a mentira, o engano, a falsidade , não perma­neça agindo assim. Mude enquanto há tempo. Esse prazer passagei­ro se transformará em um pesadelo.
Veja o que a Palavra de Deus diz: "... os homens maus e engana­dores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados. Tu porém, permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido. E que, desde a tua meninice, sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus" (2 Tm 3-13-15).
Em Gálatas 6.7-9. também está escrito- "Não erreis- Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso tam­bém ceifará. Porque o que semeia na sua carne da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito do Espírito ceifará a vida eterna. E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido .
Essa é a lei da semeadura. Pergunto-lhe mais uma vez: "O que você tem semeado?" Se tem por princípio falar a verdade e viver de acordo com o que é justo e correto, não há com que se preocupar.
A Bíblia fala de um rapaz chamado José, verdadeiro, honesto e justo. Ele sofreu injustiças, foi vendido como escravo pelos seus próprios irmãos e caluniado por uma mulher. Contudo, as suas vitó­rias foram duradouras, e ele viveu intensamente cada momento es­pecial de sua vida.
Leia a história de José em Gênesis 37-50. Você verá que falar a verdade pode gerar ciúmes e inveja em outras pessoas, inclusive as mais próximas, como os irmãos. Além disso, quem pauta o seu viver pela verdade é perseguido pelo Inimigo, mas como maior é o Senhor Jesus Cristo Ele concede-lhe bênçãos que uma pessoa cuja vida se fundamenta em mentiras jamais receberia (Sl 73).
Portanto seja verdadeiro. Fale a verdade, sempre. Custe o que custar. Haja o que houver. É a verdade que prevalece. Sem ela, tudo é passageiro, tudo é ilusão. Jesus Cristo é a verdade (Jo 14.6), e Ele disse: "Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (Jo 8.32).





domingo, setembro 23, 2012

Devocional do Dia

A recompensa

Na palavra de Deus fala que nós devemos ser verdadeiros em todos os momentos, e que são poucos os fiéis (Sl 12:1), e também os que encontram o caminho da salvação (Mt 7:13,14).
Existe um relato de um homem aprovado ´para um bom cargo em uma empresa, mas quando foi assinar o contrato o seu chefe disse que seria necessário mentir algumas vezes, na mesma hora o homem se levantou e disse que não faria aquilo, alguns meses depois o mesmo homem ligou para ele dizendo que precisava de alguém de confiança omo ele para um cargo maior e mais valorizado.
Deus recompensa os seus fiéis!

sábado, setembro 22, 2012

Devocional do Dia

Vale a pena falar a verdade.

Não minta, ela te coloca contra Deus.
Certa vez um jovem que foi preencher uma ficha para entrar em uma empresa, e quando foi colocar sua religião, ele omitiu que era evangélico, e se disse de outra religião, quando foi chamado para a avaliação recebeu a noticia que seu currículo era perfeito, porém eles procuravam alguém evangélico.
Quando se mente, fica com a consciência pesada, mas na bíblia fala "conhecereis a verdade e a verdade vos libertará."
Diga sempre a verdade  você receberá uma recompensa de Deus.

sexta-feira, setembro 21, 2012

Devocional do Dia

Só uma mentirinha...

Não existe um mal no diminutivo (Cantares 2:15)
Não caia no mal de dizer " Ah, é só uma mentirinha...", não existe pecadinho, ou pecadão!
Hoje, nós, Filhos da Luz que é Deus, somos tocados pelo Espírito Santo que nos ajuda na nossa caminhada, mas só se nos permitirmos (Hb 3:15).
Deus quer transformar sua vida, por que agora você é uma nova criatura (Rm 6:4)
Para todos nós Deus deixou uma mensagem bem clara através de Paulo (Cl 3:9)

quinta-feira, setembro 20, 2012

Devocional do Dia

Péssima escolha!!!

Mentir é ruim, mas mentir aos pais é pior ainda!
Em 2003 um casal de adolescentes mentiram para os pais, e foram para um sítio abandonado, onde foram abordados por assassinos e foram mortos.
Essa é uma consequência muito ruim da mentira, mas ela pode ser pior, quando não há arrependimento ela pode levar ao inferno (Ap 21:8; 22:15).
Lembre-se sempre, tudo o que você planta, você colhe!
Todo adolescente quer ser independente dos pais, e em algumas situações mentir é a solução, mas mesmo que você não receba a resposta que quer, fale a verdade, isso faz bem a sua consciência (Sl 4:8)

SABADÃO TEM REUNIÃO


quarta-feira, setembro 19, 2012

Devocional do Dia

Quem é o pai da mentira?

A mentira adia o prejuízo, mas quando a verdade é descoberta, o prejuízo vem com juros!
A mentira se opõe ao carater de Jesus,por isso ela é condenada (Jo 17.3). Verdade significa conhecimento com o real, exatidão, sinceridade e boa fé. Mentira é o contrario da verdade.
Deus não concorda com essas coisas, Ele procura os verdadeiros (Jo 4.23,24; Sl 101.6).
A verdade e a mentira não se misturam (1Jo 2.21).
Leia sobre quem criou a mentira em 2 Corintios 11.3
Tudo começou com o pecado, e desde lá, somos tendenciosos ao mal (Rm 5.12; 11.32)

terça-feira, setembro 18, 2012

Devocional do Dia

Não vale a pena mentir

Havia um grande tumulto em uma estrada, uma multidão se batia para ver a vítima, quando alguém gritou:
-Ele esta estendido no chão, e o motorista do ônibus fugiu.
Outros no meio da multidão se lamentavam:
-Ele era trabalhador, carregava muita coisa nas costas.
Um curioso que passava perto da multidão, e queria saber o que aconteceu, mas não conseguia passar no meio da multidão e resolveu contar uma mentirinha:
-DEIXEM-ME PASSAR! SOU PARENTE DA VÍTIMA!
A multidão foi abrindo espaço para que ele passasse, mas quando chegou perto da vítima era um jumento!

Efésios 4.25

segunda-feira, setembro 17, 2012

Devocional do Dia

"Conte até dez"

O Senhor te conhece, Ele fez o ser humano e conhece você em todos os sentidos (Sl 103:14), e Ele sabe que quando as pessoas se irritam elas tomam decisões erradas.
Muitas vezes os nossos pais nos falam um sermão, e é uma virtude muito boa, saber ouvir uma repreensão calado (Pv 17:28).
Ouvir uma repreensão é muito bom, por isso não responda de cabeça quente, conte até dez, reflita sobre o que você ouviu, e depois você conhecerá o valor real disso (Pv 22:15).
A prudência e o entendimento são duas das maiores virtudes do ser humano, e isso os levarão a estar entre os sábios. (Pv 15:5,31,32).
Conte até dez!!

domingo, setembro 16, 2012

Devocional do Dia


Pais separados

Deus não criou o casamento para ser desfeito pelo homem a seu bel-prazer. O Senhor o instituiu para nunca terminar (Mt 19.6), mas os homens têm buscado mudanças (Ec 7.29), e, hoje em dia, exis­tem muitos casais separados.

Como um filho deve agir, quando os pais são separados? A me­lhor atitude é amar os pais, seja qual for a situação deles. Toda separação é triste para os filhos. Todo adolescente, ainda que não admita, fica angustiado quando percebe que o relacionamento entre seus pais atravessa momentos difíceis.

Você deve amar os seus pais incondicionalmente. Caso estejam se­parados, ame o que estiver com você e o que encontra-se longe também. “Por que amar a minha mãe, se ela não mora com meu pai?” Sei que isso é muito difícil, mas trata-se de uma atitude necessária.

Jesus disse que devemos amar até mesmo os nossos inimigos (Mt 5.44). Quem sabe você esteja dizendo: "Meu pai nunca aparece; ele nem lembra que eu existo". Mesmo que isso aconteça, a melhor coisa a fazer é orar por ele, perdoá-lo e respeitá-lo, assim como Jesus...

sábado, setembro 15, 2012

Devocional do Dia


"Nada de conflitos!"

A Bíblia Sagrada menciona o caso de Eli, um sacerdote que não repreendeu os seus filhos e foi castigado por Deus: "Porque já eu lhe fiz saber que julgarei a sua casa para sempre, pela iniqüidade que ele bem conhecia, porque, fazendo-se os seus filhos execráveis, não os repreendeu" (1 Sm 3.13).

Na adolescência, o jovem é muito suscetível às influências dos amigos, e a tendência é sempre querer fazer o mesmo que eles. Assim, o intuito de seus pais, ao repreender você, é impedi-lo de enveredar por caminhos tortuosos.

Sei que, nessa fase, a sede por liberdade supera qualquer outro sentimento, mas o segredo para alcançar a bênção completa é viver em harmonia com sua família, sabendo aceitar a repreensão. Quan­do seus pais o questionam, apresentando uma falha sua, não estão fazendo outra coisa, a não ser ajudá-lo.

A "bronca" dói no momento, mas, se souber assimilá-la, refletin­do sobre o motivo pelo qual a recebeu, aprenderá com ela. Pense nisso e nunca entre em conflito com seus pais. Isso não é nada bom para eles e, principalmente, para você.

Sabia que as expectativas muito altas dos pais em relação a você ou a ausência de um deles podem mergulhá-lo em depressão perma­nente, levando-o a buscar "novidades" no mundo? Não permita que isso ocorra com você. Busque a presença de Deus e entregue a Ele as suas fraquezas, pois o Senhor o fortalecerá (2 Tm 2.1; Fp 4.13). Leia em sua Bíblia Isaías 40.28-31.

sexta-feira, setembro 14, 2012

Devocional do Dia

 

"Eu quero destruir"

Leia em sua Bíblia João 10.10.

Se quiser saber mais sobre tudo isso, leia: Rock — O Grito e o Mito, de Roberto Muggiati; talvez o primeiro estudo mais sério sobre rock, feito por um autor brasileiro. Muggiati é um dos maiores co­nhecedores de heavy metal do Brasil.

Percebeu, nessa breve exposição, quanto o heavy metal e esse submundo de rebeldia não são um bom negócio? Fuja de tudo isso! Não se iluda com essas coisas. Procure pensar em tudo que seja verdadeiro, justo, puro, amável e que tenha boa fama (Fp 4.8).

Por isso, preste mais atenção no tipo de música que você tem ouvido, cuidado com a letra da música, você sabe o que tal banda ou cantor estão falando quando ao cantar?!
 
 

quinta-feira, setembro 13, 2012

Devocional do Dia



"Não posso curtir um heavy metal?”

Uma das maiores figuras do heavy metal, ao longo dos anos, é Alice Cooper, que, apesar de ser filho de um pastor, sempre utilizou o apelo sexual como recurso para chamar a atenção da juventude.

Sabia que o movimento punk — formado por adolescentes anar­quistas — surgiu na década de 1970, na Inglaterra, por causa do heavy metal? Os punks aproveitaram o momento de recessão que o país vivia para extravasar a sua raiva e frustração.
 
 
"...porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração."[ I Samuel 16-7]
 
O problema não é o estilo de música. O que complica é a intenção do coração, qual é a intenção do seu coração ao ouvir músicas que talvez te afastem de Deus? Porque satanas conhece a fraqueza de cada um...

quarta-feira, setembro 12, 2012

Devocional do Dia



"Desligue esse som!"

"Que barulho é esse? Desligue isso agora!" Essa "bronca" lhe é familiar? Eu posso imaginar o quanto você gosta de música... Talvez não haja uma fase da vida em que gostemos tanto de ouvir um "som", não é mesmo? 

Alguns tipos de música, na verdade, pode afastá-lo do objetivo prin­cipal — servir ao seu Criador nos dias da sua mocidade (Ec 12.1).

Procure entender que ser um seguidor de Cristo significa abrir mão dessas coisas, que apenas o afastam da sublime e perfeita vontade de Deus para a sua vida. Lembre-se do que o apóstolo João disse: "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele" (l Jo 2.15).
Dá próxima vez que você for ouvir uma música, submeta ao teste de Filipenses 4:8 "..ENCHAM A MENTE DE VOCÊS COM TUDO O QUE É BOM E MERECE ELOGIOS, ISTO É, TUDO O QUE É VERDADEIRO, DIGNO, CORRETO, PURO, AGRADÁVEL E DECENTE." e pergunte a si mesmo se agradaria a Deus...!

terça-feira, setembro 11, 2012

Devocional do Dia



"Não gosto de levar bronca"

Ninguém gosta de ser repreendido, não é mesmo? Por mais que estejamos errados e mereçamos levar uma "bronca", é difícil aceitá-la. É da natureza humana isso. Mas a Bíblia apresenta o valor da repre­ssão com amor (Pv 27.5) Ela é muito mais importante do que um elogio. Enquanto este apenas o deixa orgulhoso, a "bronca" proce­dente leva-o a uma mudança de atitude.

Você sabia que o amigo sincero é aquele que lhe diz a verdade, mesmo que seja dura? Quem vê alguém em um caminho errado e não o orienta, preferindo omitir-se ou agir como se nada de mal estivesse acontecendo, não é um verdadeiro amigo (Ez 33.8).

Deus ama todos os homens e, como Amigo fiel, repreende o ser humano com o objetivo de abençoá-lo. Ele não é um carrasco, como muitos pensam. E a Bíblia diz que as suas misericórdias, que sempre se renovam, são a causa de não sermos consumidos (Lm 3.22,23).

Entenda que repreensão não é o mesmo que maus-tratos, xingamentos, etc. Não! A verdadeira repreensão é usada para corri­gir, educar e orientar. E, nesse caso, ligada ao amor, é feita por alguém que está interessado em ajudá-lo.
 
É claro que a "bronca" é constrangedora. Entretanto, se estiver preparado para recebê-la como um conselho de quem o ama, a dor será bem menor. Muitos pais não repreendem seus filhos, por sua conta e risco, pois o próprio Deus, o nosso Pai, repreende a quem ama (Ap 3.19). Por isso, "O que retém a sua vara aborrece a seu filho, mas o que o ama, a seu tempo, o castiga" (Pv 13.24).

segunda-feira, setembro 10, 2012

Vale a pena obedecer


A Bíblia menciona a instrução do pai e a doutrina da mãe (Pv 1:8). Instrução é ensino, lição, educação intelectual. E instruir os filhos é dever dos pais: "Instrui ao menino no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não se desviará dele" (Pv 22:6). Você sabia que muitos jovens se envolvem com drogas e outras coisas negativas porque rejeitam a instrução dos pais, na adolescência?

Por que a Bíblia faz questão de enfatizar a doutrina da mãe? Por­que a sua aplicação é diferente da instrução do pai. Este é mais racional e prático, conforme as características que Deus lhe deu. Já a mãe é mais sensível, amorosa e comunica ao filho as suas virtudes. Se os filhos soubessem valorizar isso, não haveria tantas pessoas desequili­bradas emocionalmente — o que, em geral, é causado por problemas de formação da personalidade.

Há muitos que só ouvem o pai, e outros, apenas a mãe. Sabe qual é o resultado disso? Aquele que somente ouve o pai tende a ficar rígido demais, analisando tudo pela razão. O que ouve apenas a mãe acaba ficando sensível em demasia. Isso não significa que pai e mãe sejam rivais. Não! O ensinamento é o mesmo, mas a forma de comunicação e o contato são diferentes.

Você deve obedecer aos seus pais em tudo (Cl 3:20). Obediência pela metade é desobediência. Se eles lhe disserem: "Meu filho, pode ir àquele lugar, mas vamos buscá-lo às 22 horas", você não deve se revoltar com isso.

Apenas obedeça, pois ainda está sob a responsabilidade e a au­toridade deles. O cuidado de seus pais não é exagerado, pois vive­mos em um mundo de muita violência, drogas e outras coisas peri­gosas. Honre os seus pais e tenha sucesso na vida.

O que você fala de seu pai aos amigos? "Meu pai é muito chato." É isso? Não? Ainda bem, pois pai é um só e deve ser respeitado, tratado com todo o carinho. Foi graças a ele que você veio ao mun­do. E, se hoje está com saúde, é porque ele cuidou de você.

Já parou para pensar o quanto sua mãe sofreu por sua causa? Pense nas fases de gestação e de amamentação. Reflita sobre o cuidado que ela sempre teve com você, preparando-lhe o alimento, vestindo-o, levando-o à escola... É por isso que há promessas para quem honra os pais e punições para os que os desrespeitam.

Deus é justo e sabe retribuir a cada um segundo as suas obras, sejam boas, sejam más (Ap 22:12).


domingo, setembro 09, 2012

Cada um na sua?


Não se assuste com a palavra "submissão", pois ela precisa ser entendida à luz da Palavra de Deus. Eu sei que as mocinhas não gostam muito desse assunto, não é verdade? Também não é para menos... Há muitos rapazes pensando que elas são criaturas inferio­res!

Biblicamente, todos os membros da família devem ser sub­missos, até mesmo o chefe do lar. Como pai, deve ser o exemplo de todos, sujeitando-se inteiramente ao Senhor. A Bíblia diz: "Sejam obedientes uns aos outros, pelo respeito que têm por Cristo" (Ef 5:21. Bíblia na Linguagem de Hoje).

Quando a família é regida pelo princípio bíblico da submissão, todos se respeitam mutuamente, e o pai de família é tido como um representante de Deus.. Josué podia dizer: "... eu e a minha casa, serviremos ao Senhor" Js 24:15).


No caso específico da esposa, a sujeição deve ser voluntária, por amor, assim como a Igreja está sujeita a Cristo (Ef 5:22-24). Como você se porta diante de Cristo? Você tem medo dEle? Creio que não. Você lhe obedece porque Ele o ama e demonstra esse amor, não é mesmo?

Da mesma forma, a esposa submete-se naturalmente ao marido quando é honrada por ele, e quando este, igualmente, honra ao Senhor (1 Pe 3:7). Quando uma mulher vê que o esposo é obedien­te ao Senhor, não se sente inferiorizada. E os filhos também sujei­tam-se em tudo aos pais. Cada um faz a sua parte para benefício de todos.

Você está disposto a colaborar?

sábado, setembro 08, 2012

Faça a sua Parte


"O FILHO SÁBIO OUVE A CORREÇÃO DO PAI, MAS O ESCARNECEDOR NÃO OUVE A REPREENSÃO.'' Provérbios 13.1

Suponho que você se casará um dia. Nesse caso, acho melhor conversarmos acerca de todas as funções desempenhadas em uma casa. Sabia que Deus estabe­leceu princípios para que todos vivam em harmonia? Você sabe o que significa ser pai ou mãe? Sabe o que representa ser marido ou esposa?

Em primeiro lugar, significa amar de todo o cora­ção o seu cônjuge. E o amor é como uma plantinha que precisa ser regada diariamente para se manter e continuar crescendo. Veja o que o apóstolo Paulo dis­se: "Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela" (Ef 5:25).


Os pais também devem criar os filhos nos caminhos do Senhor, não lhes provocando a ira (Ef 6:4). Quando o Senhor criou a família, viu na figura do pai uma ma­neira de demonstrar como Ele, o Pai celestial, age em relação aos seus filhos. Não é isso que está escrito em Salmos 103:13? O melhor modelo para os pais é o pró­prio Deus, que dá exemplos em sua Palavra de como amar e corrigir os filhos.

sexta-feira, setembro 07, 2012

Pense no futuro



 Saiba aproveitar a promessa especial de Efésios 6:1-3 e usufruir dos benefícios dela. Imagine-se hoje como um pai... Como você seria? Um pai despreocupado com os filhos? Deixaria que eles agis­sem da maneira como achassem melhor, ou lhes daria a melhor educação? Como se sentiria se eles fossem ingratos?

Imagine-se como uma mãe... Parece estranho fazer isso, mas re­flita um pouquinho. Se conseguiu imaginar 10% do que sua mãe sentiu ao trazê-lo ao mundo, tenho certeza de que, a partir de hoje, você será mais grato a ela.

No futuro, quando se casar e tiver filhos, os papéis se inverterão. O que você esperará de seus filhos? Que eles sejam obedientes, respeitadores, estudiosos? Saiba que isso também está atrelado ao seu comportamento, hoje, como filho. É a lei da semeadura.

Não estou falando de maldição hereditária, e sim de uma lei estabelecida por Deus para que você, por meio de suas atitudes, construa o seu futuro. Reflita sobre este versículo: "Não erreis: Deus não se deixa escarnecer: porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará" (Gl 6:7).

Na vida em família, cada um tem uma parcela de responsabilida­de. Os conflitos familiares surgem quando alguém deixa de fazer a sua parte. Creio que os seus pais providenciam todas as coisas para você, alimentando-o e educando-o conforme as suas possibilida­des. Mas... o que caberia a você, como filho?